quinta-feira, 24 de março de 2011

Eu fui! Lançamento da coleção Stella McCartney para a C&A em Brasília.

Olá queridas!


O babado de hoje é sobre como foi o lançamento da coleção Stella McCartney para a C&A, e a Môzinha estava lá pra contar tudinho que rolou! Senta que lá vem história e o post tá comprido! rs!#Vemgente!




Pra começo de história o lançamento rolou as 8 da manhã para público restrito que foi convidado ou se cadastrou no site da C&A para o evento.


Gente...8 da manhã é muita maldade! Parece que é pra testar quem realmente quer ter uma roupa com o selo Stella McCartney em seu amário. Com certeza tinha muita mulher alí que matou trabalho pra poder colocar as mãozinhas consumistas encima das poucas peças disponíveis, fato que eu acho plenamente justificável, desde que seja uma excessão, é claro.


A minha leseira matinal não me permitiu chegar as 8 horas em ponto para ver largada das moças super afoitas em arrematar seus objetos de desejo, mas a amiga Michelle (e arrematou uma blusa linda!) chegou cedinho e me contou que as 7:40 já havia uma fila na entrada da loja e que a abertura dos portões foi motivo de muita correria e velocidade para pegar primeiro as peças mais desejadas.


Eu como estava zen e com meu lado consumista sob controle, fui bem relax e ao chegar na seção de calçado já me deparei um monte de mulheres experimentando as peça alí mesmo (o que era aceitável pois a loja estava fechada para o público externo, ou seja, homens) já que os provadores estavam entupidos e quem já havia separado as peças que iria experimentar corria o risco de ve-las desaparecer em um passe de mágica em caso de distração pois estava uma luta achar determinados tamanhos e modelos. Isso ás 8:15, ou seja, em 15 minutos muitas peças já haviam sumido das araras!


A tensão era perceptível, mas como eu estava sussa e procurando minha amiga, vi um vestido bem lindão em um bolo de roupas na parte de calçados, e perguntei pra uma senhora que estava por perto se por acaso ela iria experimentar aquela roupa. 
Gente, juro pra vocês que ela quase me ENGOLIU!
"Vou levar sim! Não tá vendo que eu já separei!?" e virou a cara pra mim! 
Cadê o glamour e a educação que estava aqui?? SUMIRAM!
Eu fiquei chocada como as pessoas podem ficar insanas em momentos de "cada um por si", sabe? Saí de perto rapidinho! rs!


Fui dar uma olhadinha nas araras e de fato havia muita coisa linda, mas somente esse vestido roubou de maneira inesperada meu coração e meu dinheiro :
Esse foi pra casa comigo!

Gente, que vestido escândalo é esse?? Todo em seda, maravilhoso que acompanhado de um saltão vai "causar" horrores! rs! Amei e comprei, afinal não sou de ferro, né? 
Confesso que poderia ter caído em tentação e ter levado um monte mais uma peça, mas infelizmente(?) não aconteceu porque o número de peças foi limitado e tamanhos considerados grandes como os que eu uso não estavam sendo fáceis de achar. Outra coisa que óbviamente contou mais que tudo foi o preço. O vestido que eu levei saiu por R$189,90 mas haviam peças cujo os preços iam de R$ 79,90 ( cardigã basiquinho) até R$499,00 (casaqueto de paetês desejo da maioria que estava lá).

Casaqueto que foi objeto de desejo da mulherada!


Agora vamos ao momento de razoabilizar: valeu ou não valeu correr risco de ser pisoteada para comprar uma Stella McCartney? Pra mim valeu a pena. Comprei uma roupa de uma coleção exclusiva, e que apesar de Brasília ser um ovo, não corre tanto risco de ver milhares pr aí, é linda em seda pura muito luxo, e É STELLA MACCARTEY, baby! #risada a lá Clodovil.

Mãaaaannnnns tem um porém: ouvi demais as seguintes reclamações e já passo as respostas que me foram dadas pelas próprias vendedoras ou que foram concluídas por mim:
- "O vestido/saia é linda, mas não passa no meu quadril": a padronagem dos modelos é inglesa, e as curvas das brasileiras acabariam desfavorecidas nessa coleção, isso na minha foi o que deduzi.
- "O casaqueto de paetês está machucando na costura dos braços ou nem passa nos braços": para essa reclamação não achei respostas, mas desconfio que seja também por causa da padronagem ou defeito na costura.
- "Não acho os tamanhos 44 e/ou 46":  eu mesma falei isso também, pois meu tamanho é 44. A vendedora me falou que essa coleção veio com maior quantidade de peças nos tamanho 40 e 42...e olha que eram poucas peças! E as tamanho 44 e 46 eram poucas ( leia-se POUQUÍSSIMAS!) porque são as que tem pouca demanda. Será que eu sou uma das poucas gordinhas que compram na C&A? Não acredito!
- "Tá um absurdo de caro!": Helloooo amiga! É Stella McCartney, tá?
Mas teve moçinhas que apesar de incomodar, apertar, marcar e ter um preço estratosférico, ainda levou a roupinha pra casa porque é Must Have. Well querida...pois por ser uber caro é que tem vestir bem e valer o investimento, senão eu deixo no provador e vou embora!

Michelle e euzinhas! Felizes consumistas! Uhull!

Mas uma vez achado meu mimo, fui pro caixa feliz da vida! 
Até o embrulho da coleção foi VIP, com direito a papel de seda, selo dourado no embrulho, sacola personalizada e cabide exclusivo de brinde! ADORO!

Espero que tenham curtido o post enoooorme, mas super informativo e cheio de detalhes bapho! rs! 
Beijocas!

2 comentários:

VOVÓ CRISTINA disse...

Olá queridas,

super fashion o evento! Esse casaquinho é tudo, mas qto custa, hei? Aff....tinha que ser!!!

Realmente essas medidas são loucas, né? Hora tem ...hora não

Mas, bom mesmo é voltar pra casa feliz.

Beijinhos, Cris.

Nalu disse...

Só cheguei umas 20 pras 11 no shopping e a única coisa que comprei foi o cardigan, que era o qie eu podia pagar. Vi um bando de mulher fresca lá, que olhava como se as outras não pudessem comprar nada da coleção, mas fiquei feliz com meu casaquinho, pelo menos consegui algo da coleção... E ainda consegui uma camisa da coleção Maria Bonita Extra que estava de promoção.