terça-feira, 1 de março de 2011

Galliano é demitido da Dior

A BBC acaba de divulgar pelo twitter que a Dior já teria começado o processo de demissão de John Galliano da maison. Segundo HilaryAlexander, do Telegraph, a justificativa da Dior para a demissão de Galliano é que ele contraria os valores defendidos pela marca.
vídeo que circulou na internet nessa segunda-feira (28 de fevereiro), em que o estilista aparece fazendo comentários racistas a um casal num restaurante em Paris, repercutiu no mundo todo. A atriz Natalie Portman, rosto da nova campanha (recém lançada) do Miss Dior Chérie, emitiu uma declaração condenando a atitude do estilista.
“Estou profundamente chocada e enojada pelos comentários de John Galliano. Como uma pessoa que se orgulha de ser judia, eu não quero nenhum tipo de associação com o Sr. Galliano. Espero que no mínimo esses comentários terríveis sirvam para nos lembrar de refletir e agir para combater esses ainda existentes preconceitos que são o oposto de tudo que é belo”, declarou a atriz.
Além de responder pelo processo de Geraldine Bloch e Philippe Virgitti, o casal que teria sido vítima das ofensas, Galliano terá que responder por outra queixa, registrada em Paris no último sábado, alegando comentários antissemitas supostamente feitos pelo estilista em outubro de 2010. Segundo o WWD, o incidente teria acontecido no mesmo local, o restaurante La Perle, no Marais.
Em tempo: um porta-voz da John Galliano, grife homônima do designer, confirmou que o desfile deve acontecer como previsto no domingo (06) durante a semana de moda de Paris. No entanto, ele não confirmou se Galliano estará presente no dia.

3 comentários:

.lívia. disse...

menina, fiquei passada qd fiquei sabendo desse bafo... enfim né, nem galliano está livre de ser demitido...

VOVÓ CRISTINA disse...

Môôônica, que legal passear por aqui, amei conhece o blog e estou morrendo de saudades de você.

Desejo sucesso pra vcs.
Beijos!

Ta disse...

Que essa história sirva de exemplo para o mundo todo...